Visa apreende uma tonelada de alimentos estragados em supermercado

Os fiscais da Visa constataram que o estabelecimento não cumpria as normas sanitárias

A Vigilância Sanitária (Visa) de Maceió apreendeu, neste sábado (15), em um supermercado de médio porte no Conjunto Graciliano Ramos, parte alta da capital, mais de uma tonelada de produtos alimentícios estragados e sem condição para o consumo humano. Ainda durante as fiscalizações, uma panificação foi interditada por reincidir no descumprimento das normas sanitárias.

Somente de carne bovina, suína e frango foram apreendidos no supermercado 600kg de produtos já em estado de putrefação. O restante do material apreendido foram laticínios, como queijo e manteiga, além de mortadela, calabresa, entre outros itens.

Carne apreendida em estado de putrefação. Foto: Equipe – Visa

De acordo com os fiscais da Visa, os produtos apreendidos foram encaminhados para o aterro sanitário, no bairro do Benedito Bentes, para pesagem e destinação adequada. O estabelecimento será multado.

“São 80 dias de fiscalizações quase que diárias e, nesse período, convencemos os proprietários de que as normas sanitárias precisam ser respeitadas. Temos feito trabalho de conscientização, mas punindo quem infringe às leis”, declarou José Airton, coordenador da Visa.

Local interditado pela Visa. Foto: Equipe – Visa

Ainda durante a ação deste sábado (15), que contou com a participação de oito fiscais, uma panificação, localizada no Conjunto Osman Loureiro, foi interditada por reincidir no descumprimento das normas sanitárias.

A panificação lacrada já havia sido notificada, há cerca de 20 dias, devido a irregularidades sanitárias. O proprietário foi orientado sobre o que deveria mudar no estabelecimento para atender a legislação. Mas ao retornar no estabelecimento neste sábado, os fiscais constataram que nenhuma medida foi adotada.

O proprietário da panificação tem, agora, 30 dias para cumprir as exigências. Até lá, o estabelecimento segue fechado e vai ter que pagar multa que varia entre R$ 180,00 e R$ 190 mil.

Ascom SMS

Fechar