“Vigilância Sanitária na Comunidade” inicia ações educativas em Maceió

Programa lançado pela Secretaria Municipal de Saúde vai percorrer 27 bairros com iniciativas educativas e de fiscalização

Buscando aproximar a população das atividades desenvolvidas pela Vigilância Sanitária, a Secretaria Municipal de Saúde lançou, nesta segunda-feira (21), na sede da Diretoria de Vigilância em Saúde, no bairro de Jaraguá, o programa “Vigilância Sanitária na Comunidade”, que visa desenvolver ações educativas itinerantes em todas as regiões de Maceió.

O lançamento contou com a presença da secretária municipal de Saúde, Célia Fernandes; da secretária-adjunta de Governança, Gisele Mascarenhas e Airton Santos, coordenador-geral da Vigilância.

Secretária-adjunta de Governança, Gisele Mascarenhas; Célia Fernandes, secretária municipal de Saúde e Airton Santos, coordenador geral da Vigilância. Foto: Ascom/SMS

Para Célia Fernandes, secretaria de Saúde de Maceió, é preciso desmistificar a visão de que a Vigilância é um órgão apenas punitivo.

“A população precisa compreender que a Vigilância é parceira e que está ali, sobretudo, para educar. Então, essa ação é de grande importância, principalmente em um momento de pandemia, onde precisamos redobrar os cuidados sanitários com a saúde pública”, afirma.

Secretária de Saúde de Maceió, Célia Fernandes. Foto: Ascom/SMS

A secretária de Saúde destacou, ainda, que é preciso o engajamento da população. “Estamos vivendo um momento novo na Vigilância, com intensificação dos trabalhos de fiscalização, por isso é preciso que a população atue e participe ativamente dessa iniciativa, acompanhe as orientações e esteja atenta também aos cuidados para a prevenção da Covid-19”, completa Célia Fernandes.

O coordenador-geral da Vigilância Sanitária, Airton Santos, destaca que o programa representa um avanço para a sociedade.

Lançamento do programa contou com a presença de servidores. Foto: Ascom/SMS

“Nossas equipes vão atuar em 27 bairros de Maceió, por aproximadamente 120 dias, com fiscalização de denúncias de estabelecimentos irregulares, atualização de alvarás de comerciantes, entre outros serviços, melhorando assim a qualidade dos serviços oferecidos pelo município”.

Intensificação das ações de fiscalização

Desde o início da gestão do prefeito JHC, a Vigilância Sanitária vem atuando com foco em trabalhos educativos e de fiscalização de estabelecimentos que estão irregulares. As operações conjuntas buscam orientar os comerciantes em relação às normas sanitárias e levem um produto adequado para os consumidores.

Como será feito o trabalho?

Para as ações do “Vigilância Sanitária na Comunidade” será disponibilizada uma estrutura itinerante e descentralizada para prestar serviços junto à comunidade.

Serão realizadas ações em praças, terminais rodoviários, Calçadão do Comércio, Shopping Centers e na rua fechada da Pajuçara, assim que os casos de Covid-19 baixarem e a pandemia permitir.

Serão realizadas ações como atendimento a população com orientação e recebimento de denúncias, fiscalização e notificação em estabelecimentos próximos ao local do evento, distribuição de material informativo como folders, panfletos, cartilhas, distribuição de máscaras de proteção descartáveis, distribuição de álcool em gel 70%, aferição de temperatura, aferição de pressão arterial e testes de glicemia.

Ana Cecília da Silva / Ascom/SMS

Fechar