Vigilância Sanitária: fiscais interditam panificação que descumpria normas sanitárias

Estabelecimento terá 30 dias para realizar as adequações necessárias e retornar ao seu funcionamento

Em mais uma ação de fiscalização pela capital alagoana durante o final de semana, a Vigilância Sanitária de Maceió interditou, no sábado (11), uma panificação no bairro Jardim Petrópolis. Esta é a 20º panificação interditada no ano de 2021. O estabelecimento funcionava sem o cumprimento das normas sanitárias, ocasionando risco à saúde dos consumidores.

Diversas irregularidades foram encontradas no local pelos fiscais, como maquinários sem condições de funcionamento, ausência de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) adequados para os funcionários, alimentos mal acondicionados e com prazo de validade vencido, falta de higienização, além da presença de mofo e fungos.

“A panificação apresentava insalubridade, sem nenhuma condição de funcionamento. O local foi notificado, autuado e terá 30 dias para se adequar às normas sanitárias. Após este prazo, os fiscais retornam ao local para observar se as modificações foram realizadas. Sendo cumpridas e não mais trazendo risco à saúde dos maceioenses, o estabelecimento volta a funcionar”, explica o coordenador da Vigilância Sanitária, Airton Santos.

Além de cumprir com as regularizações sanitárias, o dono da panificação está sujeito a uma multa que pode variar de R$180 a R$ 19 mil. O valor é estabelecido conforme a gravidade das infrações cometidas.

Disque Denúncia

Para denunciar irregularidades observadas em estabelecimentos fora das adequações sanitárias e que causam riscos à saúde da população, é possível entrar em contato no telefone 3312-5495, de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h, ou pelo WhatsApp (82) 98705-0730, que funciona 24h, todos os dias.

Marília Ferreira/Ascom SMS

Fechar