Vigilância Sanitária: capacitação sobre boas práticas garante a saúde da população

Trabalhadores e empresários dos mais diversos segmentos recebem orientações sobre normas sanitárias

A Vigilância Sanitária de Maceió tem investido ao longo deste ano em diversas capacitações sobre normas sanitárias para diversos segmentos econômicos da capital. Os cursos oferecidos fazem parte do Programa Cidadão de Olho Vivo e promovem ações educativas com comerciantes sobre segurança alimentar, correta manipulação de alimentos e normas sanitárias, garantindo a saúde da população que consome esses produtos e serviços.

Com início em fevereiro de 2021, os profissionais da Vigilância já capacitaram, até o momento, 3 mil comerciantes dos mais diversos segmentos. Entre as capacitações já realizadas estão os segmentos de avícolas (350 estabelecimentos e 500 pessoas capacitadas), supermercados (500 estabelecimentos e 600 pessoas capacitadas), permissionários de pescado (160 locais e 300 pessoas capacitadas), barracas e restaurantes da orla (60 pessoas capacitadas), hotelaria (30 estabelecimentos) e ambulantes da orla marítima (400 pessoas capacitadas).

Coordenador da Vigilância Sanitária, Airton Santos durante aa capacitações. Foto: Visa Maceió

Segundo o coordenador geral da Vigilância Sanitária, Airton Santos, os cursos são ofertados tanto a empresas quanto à comunidade em geral. “Além de capacitar estabelecimentos comerciais também atuamos em escolas e associações de bairro. No primeiro caso, exigimos que as empresas se organizem quanto à documentação e ofereça produtos de qualidade sem risco sanitário nenhum. Já no segundo, a ideia é educar o consumidor para que ele identifique um bom produto e seja também um fiscal, auxiliando a Vigilância nessa tarefa”, explica.

Outros segmentos econômicos também devem ter suas capacitações concluídas até o final de 2021. São os salões de beleza e barbearias (400 estabelecimentos), setor de laticínios (300 estabelecimentos, escolas particulares e públicas (600 estabelecimentos) e bares e restaurantes (500 estabelecimentos).

Vigilância em ação

Uma das últimas capacitações sobre boas práticas de manipulação de alimentos realizadas pela Vigilância Sanitária ocorreu nessa quinta-feira (20), no auditório da Diretoria de Vigilância em Saúde (DVS), em Jaraguá, e foi direcionada ao setor de laticínios. O curso contou com a presença de 25 comerciantes e foi ministrado por Airton Santos, coordenador da Vigilância Sanitária e por Amanda Moura, nutricionista da Vigilância municipal.

Profissionais que atuam em laticínios participam de capacitação. Foto: Visa Maceió

Próximas capacitações

Até o final do ano, a Vigilância Sanitária já tem diversas capacitações programadas. Na tarde desta sexta-feira (19), no auditório da Diretoria de Vigilância em Saúde (Jaraguá) ocorre um curso para profissionais médicos, técnicos de enfermagem e enfermeiros de hospitais que atuam em estabelecimentos que realizam hemodiálise. Ao todo, são 11 pontos de hemodiálise, que atendem a 1.200 pacientes. Os profissionais serão orientados sobre o cumprimento de normas sanitárias.

Já nos dias 24, 25 e 26 de novembro será feito um curso sobre segurança alimentar para os jangadeiros da orla de Maceió e no mês de dezembro serão capacitadas 400 pizzarias sobre boas práticas de manipulação de alimentos.

Ana Cecília da Silva – Ascom/SMS

Fechar