Trânsito: 2 em cada 3 infrações são graves ou gravíssimas em Maceió

Transparência nos dados do trânsito para auxiliar nas decisões do município
Superintendente apresenta estatísticas de 2021 e faz comparativo com dados de 2020. Foto: Ascom SMTT

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) realizou, nesta quinta-feira (20), coletiva de imprensa e transmissão ao vivo pelo YouTube para apresentar os dados estatísticos do mês de abril deste ano. Na ocasião, foram abordadas as estatísticas de acidentes de trânsito, atendimento de ocorrências, infrações mais comuns, sinalização, dentre outros.

Entre os dados que chamam mais atenção dos especialistas do órgão, está a quantidade de infrações graves e gravíssimas, duas em cada três são dessas naturezas. O que representa que os condutores precisam atuar com mais responsabilidade no trânsito.

Os carros lideram o ranking dos veículos que mais se envolvem em acidentes. Foto: Ascom SMTT

O diretor de operações e mobilidade, Ricardo Duarte, ressalta o perigo desses atos que implicam em multas. “Esses tipos de infrações configuram um risco alto para os condutores infratores e também para pedestres, ciclistas, motociclistas e outros condutores. O que deixa clara a importância de todos atuarem devidamente nas vias, para evitar acidentes”, explicou, Ricardo Duarte.

Na análise de acidentes, no comparativo com abril de 2020, houve um aumento de 44% no número de acidentes com vítimas. No ano passado, os agentes atenderam 34 ocorrências. Já em 2021, o número subiu para 49. Com relação ao turno, a maior ocorrência foi no período da manhã. Duas pessoas morreram em acidentes na capital.

Já quanto ao veículo com maior incidência em acidentes, os carros lideram o ranking na amostragem. Vale ressaltar que houve uma redução nos ônibus envolvidos.

Atropelamentos e colisões frontais aumentam, no comparativo com o mês de abril do ano passado. Outro dado que chama atenção está relacionado as vias com maior incidência de acidentes.

As infrações mais registradas foram conversões proibidas, condutor ou passageiro sem cinto e segurar ou manusear o celular enquanto dirige.

O superintendente da SMTT destaca o quanto a primeira divulgação de dados do trânsito de Maceió é um momento histórico. “Temos um trabalho pautado na transparência. Chega de achismos! Vamos tomar decisões através de dados que eram isolados e agora geram inteligência para o Estado”, pontuou André Costa.

Confira os dados da SMTT no mês de abril de 2021.

Fechar