Semed conclui jornada de capacitação de merendeiros da rede municipal de ensino nesta segunda (19)

Jornada possibilitará merendeiros de 34 escolas da rede aprenderem novas técnicas culinárias

Curso contemplou merendeiros de 109 escolas do município. Foto: Ascom Semed

Merendeiros de escolas da rede municipal de ensino de Maceió concluem nesta segunda-feira (19), na escola Pompeu Sarmento, localizada na Serraria, as oficinas presenciais de capacitação em técnicas culinárias. A jornada tem como objetivo qualificar ainda mais os profissionais da alimentação para o retorno às aulas presenciais, cujas definições estão sendo finalizadas.

Dividido em quatro turmas, o curso contemplou merendeiros de 109 escolas. Três dessas turmas foram realizadas nas escolas municipais Maria José Carrascosa (Poço), Nosso Lar (Levada) e Paulo Bandeira (Benedito Bentes). Agora, será a vez dos merendeiros de 34 escolas da rede municipal que poderão aprimorar ainda mais seus dotes culinários, com novas formas de preparo e sem deixar de lado o sabor e a riqueza dos alimentos.

Alimentos leguminosos foram parte das receitas do curso. Foto: Ascom Semed

Ingredientes como os legumes, vegetais, e vitaminas são requisitos essenciais para que o aluno tenha disposição para as atividades escolares diárias. Para a jornalista e chef Tina Purcell, instrutora do curso de merendeiras, esses alimentos são indispensáveis nas receitas preparadas pelos merendeiros durante o curso de formação culinária.

Tina pontua que todas as receitas escolhidas para serem trabalhadas com os profissionais responsáveis pelo preparo dos alimentos são fáceis, assim como os produtos são encontrados com facilidade. Ela também procura conscientizar sobre a necessidade de evitar o desperdício de alimentos, buscando valorizar a agricultura familiar.

“Durante a realização dos cursos fizemos várias receitas como bolinhos de tapioca com legumes, gratinados de chuchu, alimentação rica em legumes com aproveitamento de todos os ingredientes que estavam à disposição. Trabalhamos com alimentos de fácil acessibilidade, pelo tempo de colheita, onde o custo fica menor, sempre valorizando a alimentação da agricultura familiar”, disse Tina.

A coordenadora do setor de Nutrição e Alimentação Escolar da Semed, Anna Carla Luna, demonstra satisfação pelo trabalho realizado com os merendeiros. Para ela, as atividades de capacitação são de grande relevância e destaca que todo o preparo alimentar está sendo feito com muita cautela.

Formação traz novas técnicas de culinária. Foto: Ascom Semed

“Essa preparação para o retorno às aulas presenciais é de grande importância. Nossos merendeiros estão se aperfeiçoando cada vez mais e tomando todos os cuidados para o distanciamento social. Tudo é feito com muita cautela para alimentar nossos alunos e em nossa cozinha todos estão sempre de máscaras e higienizando as mãos”, garantiu.

Anna Carla complementa que outros projetos estão em curso e diz que toda a mobilização é voltada para aprimorar ainda mais o talento dos merendeiros da rede municipal. “O setor já está fazendo quatro cursos EAD e, agora, com essa parceria, teremos um curso presencial para fornecermos uma alimentação cada vez mais saudável e saborosa para os nossos alunos”, concluiu.

Nathan Araújo (estagiário) Ascom Semed

Fechar