Saúde promove encontro virtual sobre Programa Saúde na Escola

Reunião apresentou o Programa e discutiu os principais desafios enfrentados durante a pandemia

Em encontro virtual, médicos, enfermeiros, agentes comunitários de saúde e profissionais do Núcleo Ampliado de Saúde da Família (Nasf) do Município discutiram o tema “Programa Saúde na Escola, desafios e potencialidades em tempos de pandemia”. A reunião foi transmitida pelo Youtube nesta quarta-feira (2).

O Programa Saúde na Escola tem como objetivo contribuir para a formação integral dos estudantes por meio de ações de promoção, prevenção e atenção à saúde, com vistas ao enfrentamento das vulnerabilidades que comprometem o pleno desenvolvimento de crianças e jovens da rede pública de ensino. Os profissionais da saúde municipal atuam em 104 escolas, sendo 72 municipais e 32 estaduais, com equipes que prestam auxílio a cerca de 38 mil educandos.

A ação foi organizada pela Gerência de Promoção e Educação em Saúde e a Coordenação de Atenção Primária da Secretaria de Saúde de Maceió (SMS).

Profissionais da Gerência de Promoção e Educação em Saúde. Foto: Reprodução/Youtube

De acordo com Adriana Toledo de Paffer, gerente de Promoção e Educação em Saúde de Maceió, o encontro buscou apresentar aos profissionais de saúde a adesão ao Programa, principalmente no contexto da pandemia. “Socializamos hoje com esses profissionais os principais objetivos do programa e os recursos pedagógicos que estamos trabalhando durante a pandemia, buscando fortalecer as áreas da saúde e da educação”.

Adriana Toledo de Paffer, gerente de Promoção e Educação em Saúde de Maceió. Foto: Reprodução/Youtube

Entre as ações prioritárias do Programa estão o enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti; prevenção ao uso do álcool, tabaco, crack e outras drogas; verificação da situação vacinal dos estudantes; promoção de segurança alimentar, nutricional e alimentação saudável; promoção de práticas corporais, atividades físicas e lazer nas escolas e a prevenção à Covid-19 nas escolas.

Outras temáticas trabalhadas pelo Programa são: a prevenção de IST/Aids; promoção da cultura da paz, cidadania e direitos humano; prevenção das violências e acidentes; avaliação de saúde bucal; promoção de saúde ocular, mental e auditiva; e identificação de educandos com sinais de agravos de doenças de eliminação.

Planejamento de ações

Após a apresentação do Programa aos profissionais das Unidades de Saúde, a equipe responsável irá elencar as ações prioritárias que serão desenvolvidas em cada escola, de acordo com suas necessidades. Também será feito um monitoramento dessas ações e os indicadores serão enviados para avaliação do Ministério da Saúde e da Educação.

Recursos pedagógicos

Adriana Paula Xavier, responsável técnica pelo Programa Saúde na Escola, apresentou aos profissionais quais recursos pedagógicos estão sendo utilizados durante o período da pandemia. “Elaboramos ferramentas digitais que podem ser trabalhadas em casa por esses alunos, com adequação a cada nível de ensino. Algumas dessas ferramentas são os jogos digitais sobre alimentação saudável, combate ao Aedes aegypti, vídeos para o Youtube com as temáticas trabalhadas nas escolas, por exemplo”, conta.

Adriana Paula Xavier, responsável técnica pelo Programa Saúde na Escola fala de recursos pedagógicos utilizados nesse período. Foto: Reprodução/Youtube

Também foi elaborado um e-book com recursos educativos trabalhados pelos profissionais de saúde junto às escolas; além da produção de um Podcast, já veiculado na Rádio Educativa, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Ana Cecília da Silva/Ascom SMS

Fechar