Procon Mirim: alunos da Rede Municipal fiscalizam validade de produtos em supermercado

Objetivo do projeto, fruto de uma parceria do Procon Maceió e Secretária Municipal de Educação, é conscientizar as crianças sobre os direitos do consumidor

No segundo dia do Procon Mirim, os alunos dos 5º anos da Escola Municipal Nise da Silveira, no bairro do Antares, atuaram como agentes fiscalizadores do órgão de defesa do consumidor. Nesta quinta-feira (7), cerca de 20 estudantes, de 10 a 13 anos, participaram de uma simulação de fiscalização no Super Atacado, na Serraria.

Os alunos observaram a validade dos produtos e as condições das embalagens, se estavam amassadas ou danificadas, bem como os preços das mercadorias. Tudo de acordo com o que foi repassado a eles sobre o direito do consumidor pelo diretor executivo do órgão fiscalizador, Leandro Almeida. No final, os pequenos receberam um certificado de Fiscal Mirim do Procon Municipal de Maceió. 

O Procon Mirim é uma ação educativa de iniciativa do Procon Maceió realizada desde 2017 em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semed).

“A tarefa principal aqui é trabalhar na educação de consumo com eles, ressaltando que a fiscalização é função também do consumidor. Assim, exercitamos o desejo e a cobrança pelo direito do consumidor“, explicou o diretor executivo do Procon Maceió.

O aluno Eduardo Conceição, de 10 anos, conta que aprendeu muito com o Procon Mirim e que vai levar o conhecimento para casa. “Vou dizer à minha mãe pra ela olhar sempre a validade, os prazos e os preços das coisas, vendo se está certo ou errado”, afirmou o estudante do 5º ano A. 

Para Evellym Vitória, 11 anos, a atividade externa foi bastante proveitosa. “Gostei muito da experiência com os meus colegas. Espero ter outras ações como essa”, disse.

Lívia Lima, coordenadora de Programas Suplementares, destaca a importância de atividades de campo para o conhecimento extracurricular. “Tudo o que eles aprenderam aqui vão repassar em casa. Então, eles vão se tornar adultos e consumidores mais conscientes, sabendo seus direitos e transmitir isso para suas famílias, além dos seus amigos, colegas de escola e outras pessoas do seu convívio”, disse.

Lívia Lima com os alunos da rede municipal na simulação de fiscalização. Foto: Julita Bittencourt/Ascom Semed

Ainda segundo a coordenadora, o Procon Mirim será uma ação contínua a partir de agora. “Nós incluímos o projeto em nosso plano de ação e vamos atender outras escolas, além da Nise da Silveira. Em parceria com o Procon Maceió, vamos tornar esse projeto mensal e a expectativa é que sejam beneficiadas ao menos duas escolas da rede municipal de ensino de Maceió em cada edição”, concluiu. 

Primeiro dia do Procon Mirim

Na quarta-feira (6), aproximadamente 20 alunos da Escola Nise da Silveira participaram do primeiro dia do Procon Mirim. Em seguida, teve uma palestra realizada por Leandro Almeida sobre o que é ser consumidor, o serviço do Procon Maceió e os direitos do consumidor. 

Os estudantes também receberam o Proconzinho Educativo, uma cartilha com atividades lúdicas que trabalham os direitos do consumidor, produzido pela Secretaria de Municipal de Comunicação (Secom).

Julita Bittencourt (estagiária)/Ascom Semed

Fechar