Prefeito JHC se reúne com taxistas e apresenta Táxi Maceió, que visa resgatar cidadania da classe

Plataforma vai funcionar nas modalidades corporativa e cidadão, devendo beneficiar 4 mil profissionais

O prefeito JHC comandou, nesta quinta-feira (17), reunião com taxistas de Maceió. No encontro, o gestor apresentou à classe o Táxi Maceió, iniciativa da Prefeitura que visa resgatar a dignidade da categoria e reverter o cenário de dificuldades que os profissionais enfrentam com a diversidade de aplicativos de transporte existentes no mercado.

A plataforma está em vias de começar a funcionar e atenderá nas modalidades do táxi corporativo e cidadão, como foi explicado durante a reunião. Cerca de 4 mil taxistas cadastrados no banco de dados da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) devem ser beneficiados.

“Todo o processo vem sendo amplamente conversado com os taxistas, da forma mais democrática possível. Hoje foi dado mais um passo importante para devolvermos a dignidade a essa importante categoria, com a qual sempre mantive um diálogo aberto, franco e com muito respeito. Esse é um dos meus compromissos que estou honrando”,  disse JHC.

Prefeito apresenta o Táxi Maceió, que vai atender nas modalidades do táxi corporativo e cidadão (Foto: Secom Maceió)

Como funcionará

A secretária de Gestão, Rayane Tenório, informou que a Prefeitura está nos trâmites finais para o Táxi Maceió começar a rodar. “Todos os taxistas que estão no banco de dados da SMTT já estão pré-cadastrados nessa plataforma e vão passar também a segunda etapa que é uma validação”, ela disse.

De acordo com a secretária, qualquer taxista que desejar vai poder participar, tanto do módulo corporativo, que vai ficar a cargo da Secretaria Municipal de Gestão, quanto do cidadão, sob a responsabilidade da SMTT. 

“O módulo corporativo vai dar oportunidade do taxista prestar serviço diretamente à Prefeitura. Ou seja, a gente vai trocar aquele dinheiro que era gasto com locação de veículos e colocar nas mãos dos taxistas, que vão poder prestar um serviço para Maceió e ser pago pela Prefeitura. A gente espera que seja um case de sucesso. Já funciona muito bem no Rio de Janeiro”, explicou Rayanne.

Everaldo Sa Rocha Santos Júnior, presidente da Associação dos Profissionais do Táxi de Maceió (Foto: Itawi Albuquerque/ Secom Maceió)

O presidente da Associação dos Profissionais do Táxi de Maceió (Asprotam), Everaldo da Rocha Santos Júnior, disse que com a iniciativa o prefeito JHC está resgatando a dignidade dos taxistas maceioenses.

“É um projeto que vai fomentar, oxigenar o taxista”, ele diz, ao falar que a “situação da categoria é de muita dificuldade, devido ao surgimento dos aplicativos, ao desordenamento, não tem uma legislação. Mas hoje a gente vê muita esperança. O prefeito já demonstrou que é um compromisso de campanha e que ele vai botar em prática”, afirmou. 

Fechar