Prefeito JHC prestigia Festival Mãe Lagoa Mundaú e destaca ações de integração no Vergel

Evento é fruto de parceria entre o Município, a ONG Gerando Falcões e o Instituto Mandaver para promover integração social na comunidade

O prefeito de Maceió, JHC, prestigiou neste sábado (11) o Festival Mãe Lagoa Mundaú, na orla lagunar, no Vergel do Lago. O evento, que é realizado pela Prefeitura de Maceió e a ONG Gerando Falcões, visa a integração social entre os moradores, além de integrar cultura, gastronomia e turismo de experiência na Lagoa Mundaú, chamado de Rota do Sururu. O prefeito JHC falou sobre combater o ciclo da pobreza na comunidade.

“Já conseguimos enxergar a esperança que eles tanto almejaram, tanto desejaram e estamos trazendo a dignidade que eles merecem. Fico muito feliz em vir aqui e saber que todos esses prédios que compõem o Residencial Parque da Lagoa já começam a frutificar uma nova esperança”, afirmou.

JHC falou ainda sobre as mudanças que a gestão já proporcionou ao local. “Quando chegamos aqui não tinha nada, e eu agradeço a todos os parceiros da Prefeitura. Não é só construir apartamentos, mas é trazer dignidade e transformação social para essa territorialidade. Vamos combater a pobreza e combater esse ciclo e em breve entrar num ciclo de muita prosperidade”, assegurou.

Integração – O festival contou com apresentações culturais de grupos da comunidade, rota do sururu, a escolha do melhor prato de sururu, entre outras atrações envolvendo a integração dos moradores.

O secretário de Assistência Social, Carlos Jorge, disse que o festival é uma integração intersetorial que visa a valorização territorial do Vergel.

“Essa é mais uma etapa do Favela 3D. Esse evento é uma integração intersetorial, para estimular novos conceitos para a comunidade. Aqui vemos pequenos negócios vendendo a sua arte e produtos, potencializando o empreendedorismo contínuo e a valorização territorial. A gente tem muito orgulho do que é nosso e dessa transformação social”, disse.

Nina Rentel, que é diretoria de tecnologias da ONG Gerando Falcões, falou sobre a importância de integrar os órgãos com a comunidade.

“Hoje estamos celebrando mais um passo do Favela 3D, que é um projeto que prevê acompanhar as obras do Residencial Parque da Lagoa, para garantir geração de emprego, desenvolvimento social e participação cidadã, para que assim a gente consiga acabar com o ciclo de pobreza que vemos aqui no Vergel. Estamos aqui na comunidade junto com o Instituto Mandaver buscando soluções e tomando decisões junto com os moradores”, expôs.

Jorge Melguizo, que é ex-secretário de Cultura e Desenvolvimento Social de Medellín, na Colômbia, também esteve no evento e falou que é emocionante a forma como o Município está trabalhando junto com a comunidade.

“É muito emocionante estar em Maceió vendo a Prefeitura trabalhando junto com a comunidade aqui no Parque da Lagoa. Há alguns meses ele esteve com sua equipe em Medellín e vimos alguns projetos de transformação urbana, mostrando como se transforma uma favela num bairro com dignidade, com habitação e projetos em espaços públicos. Então, Medellín e Maceió estão juntas pela busca de soluções para a pobreza e para a construção de dignidade nas nossas sociedades”, disse.

Sthefane Ferreira e Niviane Rodrigues / Secom Maceió

Fechar