Prefeito JHC e ONG Gerando Falcões assinam parceria para transformar a vida de moradores de favela

Projeto Favela 3D será implantado na região da orla lagunar com foco no desenvolvimento social e urbano

O prefeito de Maceió, JHC, assinou, nesta sexta-feira (25), um termo de cooperação com a ONG Gerando Falcões, para a implantação do projeto Favela 3D, na favela Vergel do Lago, em Maceió. A iniciativa visa transformar a região da orla lagunar, garantindo moradia digna, geração de renda, além de levar desenvolvimento urbano, social e educacional às famílias que vivem em situação de extrema pobreza.

“Vamos utilizar toda a experiência da Gerando Falcões e do terceiro setor para nos ajudar. A favela 3D foi lançada como uma esperança para que a gente possa, nas favelas brasileiras, investir nos recursos humanos que lá existem para ter uma transformação social e, além do urbanismo social, nós podermos interromper essa curva crescente de pobreza e de miserabilidade no nosso País e sobretudo na nossa capital”, afirmou JHC.

Prefeito JHC autoriza mais uma parceria para levar desenvolvimento à população residente em favelas. Foto: Edvan Ferreira

O gestor lembrou que a Prefeitura está construindo 1.700 apartamentos na orla lagunar, mas disse que a preocupação é ir além. “Esse é o primeiro grande projeto de inovação social que nós estamos fazendo, que envolve educação, primeira infância, tecnologia, geração de emprego e renda”, pontuou JHC, ao agradecer a Edu Lyra, CEO e fundador da Gerando Falcões pela parceria.

Para celebrar a data, também houve a projeção com os logos do projeto, da Gerando Falcões e Prefeitura de Maceió nos prédios construídos pela gestão municipal como nova habitação para os moradores do Vergel do Lago.

Potencialidades

O secretário de Assistência Social, Carlos Jorge, informou que a expectativa é de que nos próximos três meses já se tenha um levantamento técnico completo do território e em seguida a parte executiva de desenho e de infraestrutura do projeto, que terá um olhar voltado para as potencialidades da comunidade.

“É uma grande revolução ter esse tripé institucional: iniciativa privada, terceiro setor e gestão pública dentro desse processo para olhar o território com o seu potencial. A Lagoa Mundaú, que inspirou o próprio nome de Alagoas, o sururu, patrimônio imaterial do Estado e esse próprio povo, que tem no DNA empreendedorismo”, disse.

Fundador da Gerando Falcões, Edu Lyra destaca a importância da parceria. “A parceria com a Prefeitura de Maceió nos deixa muito felizes. Juntos, vamos implementar esse projeto inovador, único e revolucionário para reestruturar a favela do Vergel do Lago, promovendo uma transformação completa, focada na melhoria da qualidade de vida dos moradores”, ele afirma.

Combate à desigualdade

A iniciativa também terá a participação da ONG Mandaver, localizada no Vergel do Lago, e integrante da rede Gerando Falcões como unidade acelerada. O Favela 3D funcionará como porta de entrada para a emancipação social de famílias que vivem em situação de extrema pobreza.

A partir do projeto, serão investidas tecnologias sociais das mais avançadas para trazer desenvolvimento para os moradores e, com isso, Maceió se tornará exemplo para o Brasil no combate à desigualdade. No bairro, mais de 1700 famílias serão beneficiadas com o Condomínio Parque da Lagoa. O município será o responsável por monitorar e gerir o projeto.

Niviane Rodrigues / Secom Maceió

Fechar