PARA O CHÃO! – Prédios da área de risco são demolidos no Pinheiro

Medida visa garantir a segurança dos moradores devido ao risco de desabamento das estruturas

Foto: Marco Antônio/Secom Maceió

Começou, na manhã desta terça-feira (7), a demolição de quatro prédios do Conjunto Habitacional Jardim Acácia, no bairro do Pinheiro, em Maceió. A medida foi adotada pelo Município devido ao risco iminente de desabamento das estruturas, constatado  em relatório técnico da Coordenadoria Especial Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec).

Pelo cronograma, as demolições acontecem de forma gradativa. A ação foi iniciada pelo bloco 8 (oito), mas também serão demolidos os blocos 7 (sete), 9 (nove) e 15 (quinze). Cada bloco conta com 24 apartamentos, todos já interditados pela Defesa Civil e desocupados pelos moradores que foram inseridos na Ajuda Humanitária do Governo Federal.

O trabalho deve durar uma semana e, até a conclusão, ficarão totalmente interditadas a Rua Marechal Manoel Menezes e a Alameda Cônego Cavalcante de Oliveira.

De acordo com a Coordenadoria Municipal Especial de Proteção e Defesa Civil (Compdec), os prédios oferecem risco à população e a chegada do período das chuvas agrava o risco de tombamento.

“Desde o início a gente vem acompanhando a situação no bairro e esses prédios sofreram mais severamente com as fissuras que surgiram na região. Esses quatros são os prioritários devido ao risco de colapso das estruturas”, explicou o diretor de Planejamento e Redução de Risco da defesa Civil, Arthur Rodas.

A demolição das estruturas está sendo realizada por meio de uma cooperação técnica entre a empresa Braskem e a Prefeitura de Maceió, tendo como base estudos do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), que aponta a atividade de mineração como causadora de instabilidade de solo nos bairro Pinheiro, Mutange, Bebedouro e Bom Parto.

Fechar