Ônibus da Vacina já vacinou 11.554 pessoas contra a Covid-19 em Maceió

Unidade móvel ficará na capital até quinta (22)

Estratégia atendeu a mais de 30 localidades. Foto: Secom Maceió.

O ônibus da vacina já imunizou, desde o dia 9 de junho até esta segunda-feira (16), 11.554 pessoas contra a Covid-19. A unidade móvel tem levado a vacinação para diversos bairros de Maceió, facilitando o acesso da população à campanha de vacinação.

De acordo com o coordenador do Gabinete de Gestão Integrada para Enfrentamento da Covid, Claydson Moura, a permanência do ônibus da vacina em Maceió foi prolongada devido à eficiência do trabalho de imunização no município.

“O ônibus da vacina ficaria trinta dias em Maceió, mas, graças à eficiência da Prefeitura de Maceió na vacinação contra a Covid-19, fomos presenteados com mais quinze dias. Dentro dos próximos dias, esperamos chegar a doze mil pessoas vacinadas. Os resultados têm sido positivos e estão superando nossas expectativas”, afirma.

Mais de 30 locais, em diversos bairros, foram contemplados com a unidade itinerante em Maceió: Praça Deodoro (Centro), Feirinha do Tabuleiro, Mercados da Produção e do Artesanato (Levada), Santa Lúcia, Santos Dumont, Graciliano Ramos, Aprígio Vilela, Maceió I, Jardim Royal, Ponta da Terra, Caeté e Planalto, Gruta de Lourdes, Praça da Faculdade (Prado), Henrique Equelman, Cruz das Almas, Feitosa, Vale do Reginaldo, Salvador Lyra, Village Campestre, Clima Bom, Rosane Collor, Praça Padre Cícero (Vergel do Lago), Ipioca, Riacho Doce, Guaxuma, Fernão Velho, Rio Novo, Bebedouro e Ponta Verde.

Marilene Maria da Silva foi a primeira a se vacinar quando o ônibus esteve em Ipioca

O ônibus permanece no município até a próxima quinta-feira (22) e por onde passa tem levado alegria e esperança aos moradores. “É ótimo e o ônibus ter chegado até aqui é muito mais cômodo. Eu não via a hora de me vacinar. Estou muito feliz”, declarou Marilena Maria da Silva, de 38 anos, durante a passagem do ônibus pelo bairro de Ipioca, onde mora. Ela contou ainda que foi a primeira a receber a vacina naquele dia.

Dulcilene Omena, enfermeira responsável pela unidade móvel

A equipe que atua no ônibus é composta por 15 profissionais, entre enfermeiros, técnicos de enfermagem, profissionais de Tecnologia da Informação, além da equipes da Cruz Vermelha e responsável pelo ônibus.

Dulcilene Omena é a enfermeira responsável pela unidade móvel de vacinação e, como profissional de saúde, avalia de forma muito positiva a iniciativa da Prefeitura de Maceió. “O ônibus tem feito um grande bem à campanha no município, pois vamos até comunidades que não têm locais fixos de vacinação e é uma possibilidade e uma facilidade que levamos até a população. É uma felicidade enorme sempre que chegamos aos bairros”.

Documentos para vacinação

Para receber a imunização é necessário apresentar documento de identificação com foto, CPF e comprovante de residência (original e cópia). Além destes documentos, as gestantes deverão apresentar comprovante de estado gestacional, que pode ser feito com o Cartão de Acompanhamento da Gestante/Pré-natal e a prescrição médica. Já as puérperas devem apresentar documento de identificação, CPF, prescrição médica, comprovante de residência e a declaração ou certidão de nascimento da criança.

Maceió foi a primeira cidade da América Latina a receber o veículo, criado com o intuito de acelerar a imunização contra a Covid-19. A vinda do ônibus à capital resulta da parceria da Prefeitura de Maceió com a Cruz Vermelha e apoio financeiro da Mercedes-Benz e do Governo da Alemanha.

Marília Ferreira / Ascom SMS

Fechar