Mais quatro escolas recebem kits merenda e famílias são contempladas com alimentos

Secretaria Municipal de Educação mantém o calendário de entrega dos alimentos para famílias que possuem alunos matriculados

Entregas ocorreram em mais quatro escolas da rede municipal de ensino – Foto: Thallyta Caldas

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) entregou, na última quarta-feira (8), kits de merenda escolar em mais quatro escolas da rede municipal. Familiares e estudantes das escolas Jarede Viana, no Clima Bom, Tradutor João Sampaio, no bairro de João Sampaio, e nas escolas Paulo Bandeira e Petrônio Viana, localizadas no Benedito Bentes comemoraram a chegada das cestas.

É o caso de Tatiane de França, que tem três filhos matriculados na Escola Municipal Jarede Viana de Oliveira. “Os kits são uma ajuda imensa,. No momento, eu não estou trabalhando e agradeço muito”, conta a mãe. Ela diz que também está ansiosa para o Bolsa Escola Municipal (BEM), já que seu marido está desempregado.

Tatiane de França tem três filhos na Escola Municipal Jarede Viana de Oliveira – Foto: Thallyta Caldas

Diretora da escola há quatro anos, Roxana Adalgisa diz que as entregas são uma grande contribuição para a comunidade. “Vai minimizar muito a situação de fome das nossas crianças. A gente agradece de coração a iniciativa do prefeito JHC e do nosso secretário Elder Maia”, pontua a diretora. Com 912 alunos, a escola atende estudantes do 1º ao 5º ano e Educação de Jovens Adultos e Idosos (Ejai).

Outra escola que também recebeu os kits na quarta-feira foi a Escola Municipal Tradutor João Sampaio, que se preparou para receber os estudantes respeitando todos os protocolos e garantindo a segurança sanitária. Foram colocadas cadeiras com distanciamento, com pontos de higienização e tapetes sanitários, materiais entregues pela secretaria às escolas como preparação para a volta às aulas.

Escola Municipal Tradutor João Sampaio se preparou para receber os estudantes respeitando todos os protocolos e garantindo a segurança sanitária – Foto: Thallyta Caldas

Na Escola Municipal Petrônio Viana, no Benedito Bentes, a equipe de voluntários começou cedo os trabalhos de entrega aos estudantes. Fátima Cavalcante, diretora da escola há cinco anos, diz estar contente com a entrega.

“Temos certeza que ajuda muito essa comunidade, as pessoas estão muito felizes. São 461 alunos, recorde de matrícula nos anos de 2019, 2020 e 2021. Hoje, todos vão receber o kit merenda e foram cadastrados no BEM”.

Estudante da Educação de Jovens Adultos e Idosos (Ejai), Maria José de Ferreira mora com o marido e o neto, de 18 anos, e deu graças a Deus pela entrega. “Numa crise dessa, comigo desempregada e ninguém em casa trabalhando, receber os kits merenda é um grande auxílio”, diz a estudante. Seu relato é similar ao de vários outros estudantes e familiares, que na pandemia veem a si e a suas famílias sem renda.

Maria José de Ferreira mora com o marido e o neto, de dezoito anos, e deu graças a Deus pela entrega – Thallyta Caldas

“A gente estava realmente precisando e chegou numa hora boa”, conta Núbia Rafaela de Jesus, que é estudante da Ejai da Escola Municipal Paulo Bandeira, também no Benedito Bentes, há cinco anos. “Está sendo difícil, muito difícil nesse momento, e principalmente com o ensino online”.

Na Escola Municipal Paulo Bandeira, boa parte dos alunos estão desempregados, segundo a diretora – Foto: Thallyta Caldas

A diretora da Paulo Bandeira, Cristiane Costa diz que a maioria dos pais da escola estão desempregados. “É um trabalho de rua, de vendedor de feira. A gente sabe que a situação não está boa. A gente vem fazendo um trabalho no que pode, de ajudá-los, mas não é o suficiente”, conta a diretora. “Fiquei muito feliz em saber que hoje eles estão levando para casa um alimento. Eles hoje irão comer, e essa iniciativa foi de suma importância para a nossa comunidade”.

Luan Oliveira (Estagiário) / Ascom Semed

Fechar