Maceió promove turismo e taxistas e guias comemoram alta no movimento

Categorias que trabalham diretamente com o turista apostam em um crescimento de 40% no faturamento

É grande a expectativa para a alta temporada de quem trabalha com o setor turístico em Maceió. Os profissionais estão empenhados em ofertar o melhor serviço e já sentem, no dia a dia, os reflexos da melhoria dos indicadores da pandemia no Estado. Bons exemplos são os taxistas e os guias de turismo, que conseguem respirar aliviados após um longo período em queda no movimento. A Prefeitura, por sua vez, vem trabalhando forte para promover o nome do destino, tanto que navios e novos voos tem data e hora de chegar na cidade.

A cidade está cheia de visitantes, condição prevista para se manter até março ou abril do ano que vem. Isto se o número de casos, mortes e de internações por Covid-19 se mantiverem em declínio por causa do avanço da vacinação.

O secretário-geral do Sindicato dos Taxistas de Alagoas (Sintaxi/AL), Fernando Ferreira da Silva, disse que a classe está animada com este período de fim de ano e a promessa do retorno do Carnaval em 2022.

“As nossas esperanças estão se renovando para esta alta temporada. Estamos praticamente saindo de uma pandemia e a nossa ‘indústria sem chaminés’, que é o turismo, promete bons momentos daqui para frente. Hoje, entre 30% e 40% dos nossos usuários voltaram para o táxi”, destaca o sindicalista.

A nova temporada de cruzeiros promete movimentar a capital alagoana. No Porto de Maceió, o novo terminal de passageiros vai contar com uma área exclusiva para os taxistas, sendo uma opção segura aos turistas que aqui desembarcarem.

Em dezembro, há previsão de três transatlânticos atracarem aqui, abrindo o cenário para a cidade entrar, definitivamente, na rota dos cruzeiros com a devida estrutura aos visitantes.

“Com essa expectativa de melhores dias, o usuário nativo também tem acenado para o taxista, o que é muito bom. Vamos trabalhar no terminal do Porto de Maceió com a Secretaria de Turismo do Estado e do Município”, confirmou Fernando Ferreira. Ele suspeita que a alta temporada vai melhorar em torno de 50% na quantidade de viagens feitas pelos táxis na capital.

Outra classe que está ‘navegando de vento em popa’ é a dos guias de turismo. Eles confirmam que a expectativa é a melhor possível para o período que se aproxima, sendo perceptível o aumento na procura por este serviço. O presidente do Sindicato dos Guias de Turismo de Alagoas (Singtur/AL), Marconni Moreira, disse que já percebe as demandas se avolumando de clientes.

“As praias estão cheias. Diariamente, saem passeios em vans, ônibus e carros particulares em direção ao nosso litoral. É o termômetro que temos. Os guias estão ofertando vários destinos, com uma infinidade de atividades a serem feitas ali. O turista tem o que fazer aqui e, por esse motivo, estamos sendo bem procurados. E isso é ótimo”, ressaltou.

José Alan é motorista de aplicativo e atua na área do Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares. Ele aposta em uma alta que já começou: “Só neste mês de outubro e nesse começo de novembro, o faturamento cresceu 25%. Para dezembro, devo ter um acréscimo de até 40% no faturamento”.

A secretária municipal de Turismo, Esporte e Lazer, Patrícia Mourão, informa que a gestão tem adotado uma estratégia de atrair turistas, fruto de uma parceria entre o setor privado, a secretaria de Estado e a pasta do Município. Essas ações incluem, além dos já tradicionais apoios às operadoras, como a CVC, plataformas de venda como a Decolar e a Booking, ações de divulgação do destino.

“Além disso, por entender que a recomendação de amigos, parentes e influenciadores digitais ainda é um dos principais motivos para a decisão do turista, melhoramos os serviços, priorizando a revitalização da orla, a qualificação da mão de obra e investimentos em infraestrutura da cidade, tornando Maceió preparada para a atividade turística”, avalia a secretária.

Ela completa que Maceió permanece na liderança das capitais mais buscadas do Brasil e tem registrado expressivos índices de ocupação hoteleira.

“Nossa malha aérea segue se restabelecendo, temporada de cruzeiros já confirmada, além das festas de fim de ano – que devem movimentar ainda mais a cidade. Tudo isso contribui, diretamente, na geração de emprego e renda para os profissionais que atuam na linha de frente do setor, como os motoristas de aplicativos, guias de turismo, ambulantes, entre outros”, reforça Mourão.

No mês passado, o prefeito JHC anunciou que a Azul Linhas Aéreas abre 14 novas rotas rumo à capital alagoana para esta alta temporada 2021/2022. Vale lembrar que a visita feita na ExpoDubai, em outubro, pode render a Maceió um voo da Emirates Airline & Group.

“Queremos atrair mais voos internacionais. Maceió é praia, lagoa e muito mais. Podemos ser um dos maiores destinos internacionais da América do Sul. É por isso que temos que mostrar nossa cidade pelo mundo. Vamos colocar a capital alagoana no roteiro mundial de turismo e negócios”, ressaltou JHC.

André Aguiar / Secom Maceió

Fechar