Maceió começa a vacinar pessoas em situação de rua nesta quarta (12)

Público é um dos grupos prioritários no Plano Nacional de Imunização; 2.000 pessoas serão contempladas

Foto: Polyanna Monteiro. Ascom/SMS

Cerca de 2.000 pessoas em situação de rua com 18 anos ou mais já começaram a ser vacinadas contra a Covid-19 nesta quarta-feira (12) em Maceió. A imunização ocorre de forma integrada entre equipes da Gerência de Imunização e Consultório na Rua da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), que realiza uma busca ativa nos bairros da capital.

O quantitativo a ser vacinado foi definido a partir de dados cadastrados pelas equipes do Consultório na Rua no sistema informativo do SUS (e-SUS). Benedito Bentes, Jacintinho, Centro e região da Orla Lagunar serão os primeiros locais a receberem a visita das equipes para imunização.

Considera-se população em situação de rua o grupo populacional heterogêneo que possui em comum a pobreza extrema, os vínculos familiares interrompidos ou fragilizados e a inexistência de moradia convencional regular. Eles também utilizam os logradouros públicos e áreas degradadas como espaço de moradia e de sustento, de forma temporária ou permanente, bem como as unidades de acolhimento para pernoite temporário ou como moradia provisória, definido no art. 1º do decreto nº 7.053 de 23 de dezembro de 2009.

Até o dia 12 de maio, haviam 2.457 pessoas em situação de rua cadastradas no e-SUS pela SMS. Segundo os dados do Consultório na Rua, 86 delas já haviam contraído o novo coronavírus desde o início da pandemia e dez entraram para estatística como vítimas fatais.

Polyanna Monteiro. Ascom/ SMS

Fechar