Kits escolares promovem atividades de interação para crianças da rede municipal

Material auxilia na proposta pedagógica de atividades de crianças de 0 a 5 anos
Coordenadores e pessoal de apoio participaram da entrega do material (Foto: Luan Oliveira)

Mais de 130 crianças do Centro Municipal de Educação Infantil – Cmei Sônia Cavalcante, localizado no bairro Cambona, receberam nesta terça-feira (1º), kits escolares para interação junto às famílias. Os kits contemplaram crianças do berçário ao 2º período, seguindo as orientações pedagógicas de cada turma.

Professores, coordenadores e pessoal de apoio participaram da entrega do material. De acordo com a diretora do Cmei, Lindoana Pimentel, a montagem dos kits só foi possível por conta da cooperação da comunidade escolar. “Contamos com a participação de toda equipe para montar. Uma funcionária nossa da BRA fez as sacolinhas, outros montaram. As cópias foram tiradas na Semed e para a entrega os professores fizeram questão de participar”, frisa Lindoana.

Para a diretora, a entrega dos kits vem reforçar as atividades didáticas realizadas durante o isolamento social. “A educação infantil só funciona com interação, mas, como estamos em novos tempos, tivemos que nos adaptar. Nesse sentido, as professoras montaram uma proposta de atividades para que as famílias pudessem desenvolver em casa com suas crianças, sob a orientação dos docentes utilizando os grupos de whatsapp. Assim, os professores orientam os pais sobre quais propostas serão feitas naquele dia com o material escolar específico”, explica.

A mãe do estudante Cleiton Vinícios de 5 anos, Nitácila Andrade, fez questão de garantir o kit escolar comparecendo à escola assim que recebeu o comunicado. Para ela, apesar do isolamento social, o filho tem conseguido aprender. Nitacila garante que se não fosse o distanciamento social Cleiton já estaria muito avançado.

“Ele aprende muito mais na escola. Meu filho tem sentido falta das aulas presenciais. Desde o ano passado venho pegando as tarefinhas pelo celular. Ele tem aprendido sim, eu ensino, mas não como a professora. Durante esse período ele aprendeu a contar, já sabe as letrinhas”, afirma.

Mãe do estudante Cleiton Vinícius fez questão de garantir o kit escolar (Foto: Luan Oliveira)

Para o secretário municipal de Educação, Elder Maia, a iniciativa que traz atividades lúdicas e promove a interação infantil, inspira e motiva as crianças bem como os pais e responsáveis.

“Essa atividade inspira os pais e os pequenininhos. Como muitas dessas crianças são de família carente, ao receber esses kits podemos imaginar os olhinhos deles, a vibração, o carinho e a sensação de gratidão. Com esses kits, eles podem brincar, desenhar, pintar e aprenderem brincando”, afirma.

Elder salienta que as escolas vêm desenvolvendo atividades como esta devido a utilização do recurso da caixa de custeio, que são repassados para as unidades escolares. “As escolas recebem esses recursos todos os anos. A Semed já repassou esse ano, o que possibilitou realizarem essas atividades”.

Kits escolares

Kits oferecem caderno de desenho, massa de modelar e outros materiais (Foto: Janaína Farias)

Personalizados de acordo com cada turma, os kits oferecem caderno de desenho, massa de modelar, cartolina, pincel, giz de cera, hidrocor, copos descartáveis, palito de picolé entre outros materiais.

Janaína Farias/ Ascom Semed

Fechar