Infraestrutura desobstrui galeria na Avenida Francisco de Menezes, na Cambona

Equipe esteve na região e realizou a intervenção necessária. Foto: Ascom Seminfra

A Secretaria Municipal de Infraestrutura segue atenta aos pontos de alagamentos que surgem em decorrência das chuvas que atingem a cidade nesta segunda-feira (31).

Por conta do lixo, a passagem de água pluvial da Avenida Francisco de Menezes, na Cambona, ficou obstruída. Durante a desobstrução, os técnicos encontraram, dentro da galeria, cascas de coco, plásticos e embalagem de alimentos.

Devido a grande quantidade de lixo na rede de drenagem, a água acabou ocupando a via. Foto: Ascom Seminfra

“Mais uma vez, a principal causa de alagamentos em diversos pontos da cidade é o descarte irregular de lixo feito pela sociedade. Nesse ponto, identificamos lixo que poderia ter tido uma destinação correta, mas acabou indo parar dentro da rede de drenagem, impedindo que a água da chuva pudesse fluir de maneira correta. A sociedade precisa se conscientizar e entender que quando há pontos de alagamentos todos tem sua parcela de contribuição”, afirmou Gabriel Rodas, coordenador de drenagem da capital.

Desde janeiro, a Seminfra retirou aproximadamente 160 toneladas de lixo e resíduos sólidos. A sujeira prejudica a passagem da água, que se acumula nas vias e afeta diretamente a população.

As equipes seguem atentas aos ponto crônicos de alagamento. Foto: Ascom Seminfra

Seguindo com a programação diária, a equipe de manutenção de galerias segue para o Mercado Jacintinho; Conjunto Aprígio Vilela, no Benedito Bentes; Salvador Lyra; Rua General Valfrido Januário e João Monteiro da Silva, ambas no Tabuleiro do Martins.

Ascom Seminfra

Fechar