Guarda Municipal prende comerciante por dano ao patrimônio público

Homem de 38 anos investiu contra fiscais e quebrou instrumento usado para remoção de propaganda irregular

Agentes da Guarda Municipal de Maceió prenderam um comerciante, de 38 anos, no bairro do Tabuleiro do Martins, na manhã desta quinta-feira (13), por dano ao patrimônio público. A prisão foi efetuada durante uma operação da Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (Semscs) para remover publicidade irregular.

Após atacar os fiscais, comerciante foi levado para a Central de Flagrantes (Foto: Semscs)

De acordo com secretário Thiago Prado, o suspeito ficou irritado com a ação na localidade e investiu contra os fiscais. “Ele foi de encontro à equipe por discordar do trabalho que estava sendo realizado, tomou das mãos dos fiscais um instrumento utilizado para cortar as faixas clandestinas e o quebrou”, relatou.

A ferramenta usada na fiscalização se trata de uma vara telescópica, de patrimônio do Município de Maceió, e que estava em posse de um dos servidores. Ele não se feriu, mas o equipamento foi danificado.

Diante do ataque, os agentes da Guarda foram acionados e agiram rapidamente para resguardar a integridade física dos fiscais que estavam de serviço. O homem não confirmou se era dele as faixas irregulares retiradas na operação.

O comerciante foi conduzido à Central de Flagrantes I, no bairro do Pinheiro, em Maceió, onde foi ouvido pela equipe de policiais plantonista e acabou sendo autuado pelo crime de dano qualificado.

“Temos feito inúmeras ações de fiscalização pela cidade, sempre com o apoio da Guarda Municipal. O intuito é proteger os servidores no exercício do dever daquelas situações que envolvam desacato à autoridade e agressões físicas ou verbais”, destacou o secretário Thiago Prado.

Fechar