Feirinha do Tabuleiro e Mercado Público passam por vistoria técnica

Estrutura para trabalho dos comerciantes foi tema de reunião para contemplar, sobretudo, população que frequenta os mercados

Secretário mostrou equipamentos ao Coordenador do GGI dos Bairros. Foto: Erik Maia/Secom Maceió

A situação dos mercados públicos que receberam os comerciantes realocados do mercado de Bebedouro foi tema de uma reunião e visita técnica ocorridas na manhã desta terça-feira (22), idealizadas pela Secretaria Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária (Semtabes) em conjunto com Gabinete de Gestão Integrada para a Adoção de Medidas de Enfrentamento aos Impactos do Afundamento dos Bairros (GGI dos Bairros).

O mercado do bairro histórico foi desativado por conta do afundamento do solo que atingiu cinco bairros da capital alagoana, por conta da mineração de sal-gema em área urbana. Carlos Ronalsa, titular da Semtabes, mostrou a situação dos equipamentos ao coordenador GGI dos Bairros, Ronnie Mota, que busca soluções para os moradores e comerciantes dos bairros afetados em decorrência do afundamento do solo.

Secretário mostrou equipamentos ao Coordenador do GGI dos Bairros. Foto: Erik Maia/Secom Maceió

A vistoria ocorreu na Feirinha do Tabuleiro e no Mercado da Produção, locais para onde os comerciantes foram realocados após a desativação do Mercado de Bebedouro. O secretário Carlos Ronalsa defende a reestruturação dos equipamentos para oferecer mais conforto aos comerciantes e aos consumidores que dão preferências em realizar suas compras nos mercados públicos.

“Nós precisamos providenciar a reforma estrutural desses locais. Em ambos há problemas no teto, o que precisa ser corrigido, e há outros pontos que precisam ser observados. Mostrei isso ao coordenador do GGI dos Bairros, que tem tomado nota atentamente dos problemas”, disse Carlos Ronalsa.

Secretário mostrou equipamentos ao coordenador do GGI dos Bairros. Foto: Erik Maia/Secom Maceió

Para Ronnie Mota, esses equipamentos poderão ser beneficiados para melhor atender a população e corrigir o dano causado aos moradores e ao Município de Maceió pela extração de minério em área urbana.

“Nós acompanhamos as explicações do secretário Ronalsa, que tem expertise sobre o tema. O GGI dos Bairros tem buscado colaborar com o planejamento municipal e também pensa no crescimento organizado e no futuro da capital”, concluiu Mota.

Erik Maia / Secom Maceió

Fechar