Estudantes da EJAI podem renovar matrícula a partir desta terça-feira (14)

Novas matrículas poderão ser realizadas a partir de 3 de janeiro

A renovação de matrícula e os pedidos de transferência interna dos estudantes já matriculados na Educação de Jovens, Adultos e Idosos (EJAI) da rede municipal de ensino de Maceió podem ser feitos a partir desta terça-feira (14) até o próximo dia 22 de dezembro.

Conforme portaria publicada na edição desta terça-feira (14) do Diário Oficial do Município, os estudantes interessados na renovação de matrícula ou na mudança para outra escola dentro da própria rede deverão comparecer presencialmente às unidades que já estão inscritos.

Estudantes matriculados na EJAI já podem realizar renovação de matrícula. Foto: Mauro Fabiani/Ascom Semed

A matrícula, a renovação da mesma e pedidos de transferência interna desses alunos para o próximo ano acontece em período distinto do ensino regular em razão da mudança de matriz curricular da EJAI, que agora passa a ser semestral. A matrícula presencial acontece para que os estudantes possam tirar suas dúvidas em relação à novidade.

Para a renovação, os estudantes da EJAI deverão verificar a ausência de documentos junto às secretarias das unidades de ensino. Em caso de ausência confirmada, o prazo é de 30 dias para a efetivação da renovação.

Emília Caldas, professora e secretária adjunta de Gestão de Educação da Secretaria Municipal de Educação (Semed), explica as mudanças na matriz curricular da EJAI.

“A Educação de Jovens, Adultos e Idosos teve uma reformulação no tipo de oferta, com matrícula semestral e uma carga horária mais adequada à modalidade. Tudo está sendo feito em conformidade com as diretrizes, o que propicia ao estudante uma maior garantia na continuidade dos estudos. Essa era uma mudança necessária para atender esse público de forma mais atrativa e eficaz”, esclarede Emília.

Os interessados em efetivar sua primeira matrícula na Educação de Jovens e Adultos devem aguardar até 3 de janeiro, quando serão abertas vagas para os novos estudantes.

Pâmela de Oliveira (estagiária)/Ascom Semed

Fechar