Economia em combustível na Segurança Comunitária chegou a R$ 50 mil

A Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (Semscs) registrou uma redução de mais de R$ 50 mil em gastos com combustível de janeiro até maio. Em comparação com o mesmo período do ano anterior, a queda chega a 25%. Em contrapartida, o órgão intensificou o número de fiscalizações. Até o momento, a secretaria atendeu 334 denúncias feitas pela população e realizou 64 operações de fiscalizações e ordenamento da cidade.

Semscs registrou mais de R$ 50 mil em economia de combustível. Foto: Alberto Jorge/Ascom Semscs

O feito é resultado de um modelo de consumo racional adotado pelo secretário Thiago Prado, que tem como objetivo uma melhor aplicação do dinheiro público. “A realização de um planejamento estratégico das ações de fiscalização possibilitou uma maior eficiência e eficácia, evitando consumo desnecessário”, destacou Prado.

Um levantamento feito pela Semscs aponta redução de R$ 53.856,90, em comparação com o primeiro quadrimestre do ano passado. Nos primeiros quatro meses de 2020 foram gastos R$ 170.621,89, já neste ano, R$ 116.764,99. Com relação ao número de litros, o consumo caiu de 93.116,19 para 17.492,18.

O controle é feito diariamente com o objetivo de potencializar os recursos da melhor forma possível. De acordo com o coordenador financeiro, Luciano Negrão, o setor de logística monitora a quilometragem. O motorista anota em uma planilha o destino que ele está se deslocando e a quilometragem inicial e final do veículo.

“Estamos fazendo um trabalho de controle e conscientização da correta utilização dos recursos públicos, atuando em várias frentes de trabalho, como combustível e veículos, energia, água, papel e impressões”, explicou o coordenador.

O intuito da secretaria é mostrar que, com a utilização consciente dos recursos, é possível reduzir os desperdícios e investir em melhorias para a população.

Fechar