Dia de Combate à Homofobia é marcado por discussões sobre combate a violência

O Dia Internacional de Combate à Homofobia é comemorado nesta segunda-feira (17). Em Maceió, também é comemorado o Dia Municipal de Combate à Homofobia, criado pela lei de n°. 5.771/09. Este ano a data é marcada por discussões sobre combate a violência, preconceito e respeito a diversidade.

Para o coordenador da Diversidade Sexual da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), Rafael Gomes, essa data é um dia a ser comemorado, um dia para reafirmar ‘outros possíveis’ para além da heterossexualidade.

“Ter o dia 17 de Maio como Dia Municipal de Combate a LGBTfobia, reafirma que Maceió é uma cidade que busca a igualdade de direitos independente de sua Orientação Sexual ou Identidade de Gênero”, destacou.

Segundo dados do Grupo Gay da Bahia, a cada 23 horas um LGBTQIA+ é assassinado ou se suicida vítima da “LGBTFOBIA”, o que faz do Brasil o campeão mundial em mortes.   

“Infelizmente, após quase três décadas, muitas pessoas LGBTQIA+ continuam a passar por situações de preconceito, discriminação e opressão, em decorrência de suas orientações sexuais e expressões de gênero”, desabafou Rafael.

Para comemorar o Dia Internacional e Municipal de Combate à Homofobia, o Conselho Municipal de Direitos da Cidadania LGBT+ (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros) em parceria com Instituto Saúde e Cidadania (ISAC) e apoio da Semas e Secretaria Municipal de Gestão, está realizando o Webinário Maceió com Respeito, com palestras voltadas ao combate ao preconceito e a violência com o público LGBTQIA+ e sensibilizará  os profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS) no atendimento a este público.

Quem quiser ainda assistir as palestras, poderá se inscrever no link.

PROGRAMAÇÃO:

– 17 de maio de 2021- Webinário: Caminhos Para Combater a Violência e o Preconceito Contra LGBTQIA+ às 19hrs – via plataforma google meet.

–  19 de maio de 2021: Webnário: LGBT+ Entre Estigmas e Preconceitos Uma Vida Invisível nos Serviços Públicos – às 10h, via plataforma google meet.

Vanessa Napoleão/Ascom Semas

Fechar