CRÍTICAS – Desembargadora sobre Júlio Cezar: “barco furado, traidor e caluniador”

A desembargadora do Tribunal de Justiça (TJ-AL) Elisabeth Carvalho usou a rede social Facebook para criticar o prefeito de Palmeira dos Índios Júlio Cezar. “Estava esperando sair oficialmente, a exoneração de Márcio Henrique, da Secretaria da Saúde de Palmeira dos Índios, para me pronunciar aqui. Márcio Henrique aceitou o desafio, por amor à Palmeira, de assumir uma Secretaria da Saúde, totalmente sucateada. Trabalhou com total dedicação e sem destemor, reergueu e tornou eficiente a Secretaria da Saúde”, defendeu.

E continuou: “Foi surpreendido, com uma decisão do prefeito Júlio Cezar de colocar como secretário adjunto, um tal de Diógenes. O prefeito Imperador, mais uma vez, tenta passar por cima de quem realmente é seu aliado para favorecer pessoas sem compromisso com o povo palmeirense”.

“Há uns dois anos, aqui mesmo, aconselhei Márcio Henrique a pular fora desse barco furado de Júlio Cezar. Com seu espírito conciliador e postura digna, Márcio Henrique preferiu continuar, objetivando o bem-estar do povo de Palmeira. Aí, não podia dar em outra coisa. Foi traído e apunhalado pelas costas, por justamente, quem lhe devia a gratidão, de ter conseguido chegar ao cargo de prefeito, com a ajuda e luta de Márcio Henrique”.

“Quem? O não cumpridor de promessas, Júlio Cezar! Alguma novidade nesse ato mesquinho de Júlio Cezar? Não! É só o que o imperador, esfarrapado, sabe fazer. Traição! Márcio Henrique, você tem minha admiração, pelo homem digno, honrado, abnegado e cristão fiel.

Só lhe resta uma alternativa agora. Renunciar ao cargo de vice-prefeito de Palmeira dos Índios. Não tem mais condições de trabalhar numa gestão de marqueteiro.”

“Márcio Henrique, mais uma vez, venho lhe pedir: pule fora do barco, que o próprio Júlio Cezar, destruiu. E Júlio Cezar, tenho um recado para você. Lembre da maldição dos escravos, que construíram a Igreja de Nossa Senhora do Rosário. Não cumpriu a promessa com Nossa Senhora do Rosário. Vai se reeleger não!”.

E finalizou: “Júlio Cezar, além de traidor, é caluniador. Está dizendo, que Márcio Henrique pediu para sair da Secretaria de Saúde, em plena de crise do Coronavírus. Mentira! Márcio Henrique saiu porque Júlio Cezar, queria impor um subsecretário de saúde, sem a aprovação do secretário, Márcio Henrique. E Márcio não admite corrupção. A verdade é essa!”

Fechar