Consultório na Rua concorre a prêmio nacional de boas práticas na pandemia

APS Forte no SUS no combate à Covid-19 é uma iniciativa da Organização Pan-Americana da Saúde no Brasil e do Ministério da Saúde

A equipe de Consultório na Rua de Maceió teve o relato da experiência “Sobreviver em situação de rua em tempo de pandemia” selecionado para a etapa final da iniciativa ‘Atenção Primária à Saúde (APS) Forte no SUS no combate à Covid-19’. Promovida pela Organização Pan-Americana da Saúde no Brasil (OPAS/OMS) no Brasil, e pelo Ministério da Saúde, a premiação visa dar visibilidade às boas práticas desenvolvidas pelos profissionais da Atenção Primária de todo país.

Equipe do Consultório na Rua (Foto: Equipe – Consultório na Rua)

Segundo Jorgina Sales, coordenadora do Consultório na Rua, com a chegada da pandemia, muitas vulnerabilidades ficaram ainda mais visíveis e era preciso buscar estratégias de cuidado integral à vida, fortalecendo vínculos e respeitando a autonomia das pessoas em situação de rua.

“Um olhar ampliado à saúde também passa pelo acesso a direitos básicos como alimentação, documentação e mesmo o afeto. Então, acredito que a escolha do nosso relato de experiência para a etapa final da premiação se deve a nossa atuação singular, próxima e humanizada para todas essas questões que muitas vezes vão além do cuidado à saúde”, afirma Jorgina Sales.

Consultório na Rua durante atendimentos (Foto: Equipe – Consultório na Rua)

Já de acordo com Flaviane Belo, enfermeira da equipe do Consultório na Rua e também autora do relato de experiência selecionado, com a pandemia da Covid-19 a equipe se deparou, de maneira mais intensa, com a fome, o adoecimento, as limitações de acesso a equipamentos públicos e o uso do equipamento de proteção individual.

“Com o fechamento desses equipamentos e a diminuição da circulação de pessoas, tivemos que repensar o cuidar, o entrar nas ruas, abraçar, pegar na mão, além de pensar em outras estratégias de assistência como a entrega de refeições, máscaras, água, álcool em gel, entre outros com a parceria de serviços da assistência social, ONGs e sociedade civil”, detalha.

Consultório na Rua durante atendimentos (Foto: Equipe – Consultório na Rua)

Durante a pandemia, a equipe continua nos atendimentos de saúde de rotina, que contempla testes rápidos para Covid-19 e vacinação. Também mantém a atuação em estratégias de promoção de cidadania e direitos humanos e sociais.

Ana Cecília da Silva – Ascom/SMS

Fechar