Consultório na Rua acolhe usuário durante evento de prevenção às drogas

Após pedir ajuda, homem de 58 foi encaminhado à UPA e será acompanhado por programa

Um homem de 58 anos de idade, em situação de rua e usuário de álcool e outras drogas foi encaminhado pelo Consultório de Rua da Secretaria Municipal de Saúde, nesta quarta-feira (23), direto da tenda armada na Praça Deodoro, no Centro, para uma Unidade de Pronto Atendimento da capital. A ação na praça, inciativa da Prefeitura de Maceió, faz parte da Semana de Prevenção às Drogas, em alusão ao Dia Internacional de Combate às Drogas, comemorado no dia 26 deste mês.

Além da conscientização sobre os danos causados pela dependência química, seis equipes multidisciplinares do Consultório na Rua estão se revezando, também, para aferir pressão arterial e glicose da população.

Equipes do Consultório na Rua em evento de prevenção às drogas (Fotos Marília Ferreira – Ascom SMS

“Lidamos diretamente com as pessoas em situação de rua. Acabamos de ter um homem, de 58 anos, enviado para cá. Fizemos o primeiro atendimento e o enviamos para uma UPA aqui de Maceió. Usuários e álcool e drogas, sobretudo em situação de rua, têm direito ao atendimento digno de saúde, e é isso que o Consultório na Rua da Secretaria de Saúde de Maceió procura fazer”, destacou uma das técnicas do programa, a terapeuta ocupacional Atilane de Oliveira Furtunato.

Gruo também atua em conjunto com o Consultório na Rua

A profissional também lembrou que a intervenção das equipes do Consultório na Rua é essencial para a garantia do atendimento das pessoas em situação de rua, ainda alvo do preconceito da sociedade.

“Embora nem todos as pessoas em situação de rua tenham algum tipo de vício, muitas, por diversos motivos, foram parar na rua e tiveram o uso de álcool e outras drogas como forma de fugir àquela realidade, enganar a fome, poder dormir, por exemplo, mas que ainda são muito mal vistas. Se precisam de algum atendimento, acabam encontrando dificuldades. Nós, do Consultório na Rua, também facilitamos e garantimos o direito constitucional delas à saúde”, destacou a terapeuta ocupacional.

População atendida também com aferição de pressão arterial e glicose

Abrigos

Mesmo na pandemia, o Consultório na Rua não parou com suas atividades. Exemplo disso é o trabalho de busca ativa nas ruas de Maceió, além do atendimento em abrigos, com aplicação da vacina contra a covid-19 e testes rápidos. Outra ação bastante significativa do programa é atendimento em saúde bucal das pessoas em situação de rua.

Ascom SMS

Fechar