Assistência Social promove ação de combate à discriminação racial

A Secretaria de Assistência Social (Semas) promoveu, nesta sexta-feira (02), uma ação de conscientização sobre o Dia Nacional de Combate à Discriminação Racial, que será celebrado amanhã (3). Foram distribuídos panfletos em frente à sede da Semas, no bairro do Poço. O objetivo era alertar sobre o uso indevido de expressões e termos racistas, incentivando a população a adotar uma postura antirracista.

Ação aconteceu em frente à sede da Semas. Foto: Ascom Semas

De acordo com a coordenadora de Promoção à Igualdade Social, Andrielly Hamonna, a ação foi um alerta para que a população se policie e denuncie o racismo presente na sociedade.

“A ação tem o objetivo de abrir os olhos e conscientizar a população sobre preconceito e discriminação que, infelizmente, ainda são práticas comuns. Celebramos a causa negra em datas específicas durante o ano, mas a nossa luta contra a discriminação é todo dia. A sociedade precisa entender e respeitar a todos, independentemente da cor da pele”, afirmou a coordenadora.

Ação aconteceu em frente à sede da Semas. Foto:Ascom Semas

Para Carlos Jorge, Secretário de Assistência Social, a população precisa unir forças em função das vítimas de preconceito racial.

“Temos 56% da população brasileira composta por pardos e pretos e ações como esta servem para mostrar que o racismo estrutural existe. É necessário que toda a sociedade se una para exterminar de vez esse problema social”, disse Carlos.

Dia Nacional de Combate à Discriminação Racial será comemorado neste sábado(3). Foto: Ascom/Semas

A prática de discriminação racial é crime, podendo a pena variar de dois a cinco anos de reclusão. Para denunciar basta discar 100.

Iara Alencar (estagiária)/Ascom Semas

Fechar