ADEQUAÇÃO DOS SERVIÇOS – Durante a pandemia, Hospital Universitário só atenderá gestantes de alto risco

Para primeiro atendimento, em caso de urgência, as gestantes devem procurar inicialmente as maternidades de risco habitual

O Hospital Universitário Professor Alberto Antunes (Hupaa) informou, nesta segunda-feira (20), que durante o período de pandemia do novo coronavírus terá o atendimento a gestantes restrito para os casos de alto risco. O motivo é a necessidade de adequação dos serviços para atender mulheres grávidas com suspeita e confirmadas de covid-19.

Por meio de nota, a unidade hospitalar comunicou que, em caso de urgência, as gestantes devem procurar inicialmente as maternidades de risco habitual e, ainda, que o Hospital continua como atendimento àquelas que foram diagnosticadas como sendo de alto risco e encaminhadas de outros locais.

Por fim, o Hupaa afirmou que continua o trabalho em prol de uma assistência de qualidade às gestantes que necessitam do auxílio de alto risco.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) informou, neste domingo (19), que Alagoas tem 159 casos confirmados da Covid-19 e 15 óbitos. Os dados constam no Boletim Epidemiológico 44, que apontou, também, a ocorrência de 303 casos em investigação e 908 descartados.

Leia a nota do hospital na íntegra:

Por conta da pandemia, o HU informa que só atenderá gestantes de alto risco

Diante da situação atual de pandemia e da necessidade de adequação dos serviços para atender gestantes suspeitas e confirmadas de COVID-19, o Hospital Universitário (Hupaa) informa que durante esse período de pandemia só atenderá gestantes de alto risco. Assim sendo, solicita às gestantes que não se dirijam diretamente ao Hupaa. Para primeiro atendimento, em caso de urgência, as gestantes devem procurar inicialmente as maternidades de risco habitual. Como maternidade de alto risco, o Hupaa continua atendendo as gestantes que forem diagnosticadas nessa condição e encaminhadas de outras maternidades, como sempre o fez.

O Hupaa tranquiliza a população e informa que continuará trabalhando em prol de uma assistência de qualidade às gestantes que precisam de atendimento de alto risco.

Fechar