Ação permanente de limpeza e desinfecção beneficia 14 mercados e feiras de Maceió

Intenção é manter espaços em boas condições para permissionários e consumidores

Foto: Secom Maceió

Para levar dignidade e ajudar na recuperação comercial dos mercados e feiras de Maceió, a Secretaria Municipal de Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária (Semtabes) está levando muito à sério a limpeza e a manutenção destes ambientes. Porque, a situação dos 14 mercados públicos e feiras da Capital, era de abandono.

Sujeira, desorganização, falta de manutenção afastam consumidores e levam comerciantes a trabalhar desestimulados e, em alguns casos, a abandonar suas bancas.

Tais condições foram levadas ao secretário Carlos Ronalsa, que promoveu uma mudança completa na gestão dos mercados e firmou uma valorização dos permissionários, além de buscar de volta a tradicional clientela.

“Estavam em completo abandono, não recebiam uma obra há vários anos, por isso, na nossa gestão, procuramos priorizar o da Produção”, explicou.
A transformação começou já em janeiro, com o maior e mais movimentado mercado de Maceió, o da Produção, no bairro da Levada, onde atuam mais de 1 mil permissionários, além daqueles comerciantes do entorno, que somados totalizam cerca de 4 mil.

Foto: Secom Maceió

Por quatro dias, divididos em dois finais de semana, o local passou por um grande mutirão, com lavagem, desinfecção e limpeza de galerias de esgoto, de onde foram retirados 240 mil litros de lama e 30 toneladas de escamas de peixe, cabeça de galinha e outros resíduos que não deveriam estar ali.

Os trabalhos contaram com a participação de várias secretarias, como a de Infraestrutura, a de Desenvolvimento Sustentável e a de Iluminação Pública, que realizaram inclusive pequenas obras de reparos por lá.

E foi a partir da primeira ação que a Semtabes identificou que a demanda por mutirões de limpeza que fossem além das ações de rotina era permanente, não só na Produção, mas em todos os mercados e feiras.

Foto: Secom Maceió

Durante os meses de fevereiro, março e abril, ação integrada das secretarias foi ampliada, e chegou aos mercados do Jacintinho, Jaraguá, Tabuleiro do Martins, Benedito Bentes e Shopping Popular do Centro, além da Produção, que passou por três mutirões nesse período.

Mas foi a partir de maio que a pasta decidiu tornar a medida permanente, para abranger todos os mercados e feiras de Maceió e levar melhores condições a esses equipamentos públicos.

Todos os meses, sempre às segundas, um mercado vai fechar para limpeza geral. Serão três por mês, sendo que o Mercado da Produção estará no cronograma periodicamente.

“Na próxima segunda (5), voltamos ao da Produção, que é o maior e o que mais tem demandas, inclusive em relação ao escoamento de água da chuva. Serão dois menores e ele. Este mês, foram também o Centro Pesqueiro, no Jaraguá, e Mercado e Shopping Popular dos Caetés, no Benedito Bentes”, reforçou Ronalsa.

Foto: Secom Maceió

Os trabalhos ocorrem na segunda-feira por ser o dia de menor movimento. Além da Prefeitura, os próprios permissionários podem aproveitar para fazer obras e reparos em suas bancas.

Serão ou já foram contemplados pelo Município: Mercado da Produção e entorno, do Jaraguá, do Jacintinho, do Artesanato, do Benedito Bentes, do Tabuleiro do Martins, Shopping Popular e Mercado do Caetés, Shopping Popular do Centro, Ceasa, Feirinha da Jatiúca, Feirinha do Tabuleiro, Feirinha do Cleto Marques e Feirinha Graciliano Ramos.

Integração

As carências eram muitas nos mercados públicos, por isso a Prefeitura de Maceió precisou contar com a ação integrada das secretarias municipais responsáveis.

Sob coordenação da Semtabes e do Gabinete de Gestão Integrada para o Enfrentamento à Covid-19, as secretarias de Infraestrutura, Desenvolvimento Sustentável, Iluminação Pública, Assistência Social e Vigilância Sanitária realizaram um trabalho integrado de promoção de melhorias nesses equipamentos que chama atenção pelos resultados.

Só de lixo, foram retirados de janeiro até agora 566 toneladas, o suficiente para encher entre 60 e 80 caçambas, a depender da capacidade do veículo.
Além da limpeza, o Mercado da Produção já começou a receber outras ações, como o reordenamento do fluxo de veículos no entorno e no estacionamento. A via de saída do local está em uso, demanda antiga dos clientes e permissionários.

Foto: Secom Maceió

A pista será finalizada com pavimentação e sinalização. O trabalho conta com a parceria da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), que além de sinalizar as ruas de todo o entorno, tem mantido agentes de trânsito na região para orientar os condutores.

“É um trabalho de ordenamento, transferindo barracas para outros locais, porque elas estavam tomando conta do estacionamento. A nova saída vai facilitar e muito o fluxo para quem frequenta o Mercado da Produção”, explica Ronalsa.

Outro projeto para o local promete resolver o problema de alagamento em períodos de fortes chuvas. A limpeza das galerias já conseguiu reduzir a quantidade de água que se acumula nos corredores e fez com que seja mais rápido o escoamento, mas a Semtabes já identificou a necessidade de uma obra mais complexa.

Foto: Secom Maceió

Uma comissão do Município com várias secretarias está com essa tarefa, atualmente na fase de estudos, para elaborar o projeto de reforma, que deve beneficiar todos os setores do mercado.

Enquanto isso, os mutirões avançam. Na próxima segunda, as equipes voltam ao espaço para mais uma limpeza geral. O trabalho já começa a ser organizado na semana anterior, com uma vistoria no local que define quantos servidores irão participar e quais equipamentos serão necessários.

Este mês de junho, os mutirões serão encerrados no dia 28, com a limpeza e desinfecção do Shopping Popular e Mercado do Caetés, no Benedito Bentes. O cronograma do próximo mês será definido nas próximas semanas.

Fechar