Ação na orla conscientiza para respeito às medidas contra a Covid-19

A Prefeitura de Maceió iniciou, nesta sexta-feira (9), uma ação educativa para orientar cidadãos, comerciantes e turistas da orla marítima quanto ao cumprimento dos protocolos sanitários de prevenção da Covid-19. O trabalho foi feito por 50 fiscais que foram treinados pelo Município, esta semana, numa parceria com a Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) e com a ABIH (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Alagoas).

Foto: Itawi Albuquerque/Secom Maceió

Além dos fiscais treinados, guardas municipais, servidores da Vigilância Sanitária de Maceió e agentes da Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer (Semtel) também acompanharam a atividade.

A iniciativa acontece justamente em um momento estratégico, quando há uma maior flexibilização da economia e do turismo na cidade. Durante cinco fins de semana, de sexta a domingo, equipes da Prefeitura estarão divididas em pontos da orla, conversando com os frequentadores, distribuindo máscaras gratuitamente e, sobretudo, orientando sobre as medidas que precisam ser tomadas para evitar o coronavírus.

Tendas foram armadas pela Prefeitura em locais com grande fluxo de pessoas na orla. Nestes pontos, o cidadão comum e o turista poderão pegar uma máscara gratuitamete e tirar dúvidas sobre o que o Município tem feito para o enfrentamento da pandemia.

Foto: Itawi Albuquerque/Secom Maceió

De acordo com o secretário Thiago Prado, de Segurança Comunitária e Convívio Social, a retomada das atividades na cidade não significa que a pandemia acabou. Por isso, ações como estas são importantes, segundo ele, para manter a população sob vigilância.

“A Prefeitura de Maceió sempre esteve engajada em adotar medidas que protejam a nossa população. Desta vez, a gestão decidiu firmar uma parceria para treinar pessoas que possam abordar os cidadãos e levá-los à consciência de que a prevenção é a melhor arma contra a Covid-19”, assegurou Prado.

Foto: Itawi Albuquerque/Secom Maceió

A secretária-adjunta de turismo de Maceió, Josi Mendes, disse que a maneira exitosa como a gestão do prefeito JHC vem tocando a campanha de vacinação colocou a capital no patamar de terceiro destino mais procurado do país e o primeiro do Nordeste, sendo necessária a participação da pasta nesta ação de conscientização.

Foto: Itawi Albuquerque/Secom Maceió

“Estaremos sempre presentes neste trabalho, afinal, estamos lutando para que se mantenha o comércio aberto e a rede hoteleira funcionando com 100% da capacidade, sempre prezando pela segurança e acolhimento do turista”, destaca Josi.

Foto: Itawi Albuquerque/Secom Maceió

Ela acrescenta que a Secretaria está finalizando uma plataforma online, em parceria com o site Vacina Maceió, que vai orientar os turistas com todas as informações do Município e as medidas que estão sendo tomadas de prevenção ao coronavírus. Neste espaço, o visitante poderá encontrar, por exemplo, detalhes de como encontrar os pontos de vacinação.

Airton dos Santos, coordenador-geral da Vigilância Sanitária de Maceió, afirmou que a grande preocupação do Município é com o momento atual, de aquecimento do Turismo neste período das férias do meio do ano.

“Faremos este trabalho durante cinco semanas seguidas, sempre aos fins de semana, de modo a educar a todos acerca da importância de se usar máscara, manter o distanciamento social e utilizar álcool em gel”, pontuou o coordenador.

Foto: Itawi Albuquerque/Secom Maceió

Treinada nessa quinta-feira, a fiscal Claudijane Barbosa detalhou que as abordagens serão feitas de de modo aleatório. “O que queremos é que todos entendam a necessidade de se cumprir as medidas sanitárias, como manter o distanciamento social, a higienização e ouso da máscara, que é obrigatório”, completou a fiscal.

A pernambucana Renata Wanderley está passando as férias em Maceió e, nesta sexta-feira, foi abordada pelas equipes da Prefeitura enquanto fazia um passeio. Ela considera importante a ação do Município. “As pessoas precisam entender que usar a máscara protege não só você como os outros também”, disse a turista, ao receber uma máscara dos fiscais.

Já o catador de latinhas Zerito Alves da Silva, de 69 anos, compreende que as regras sanitárias precisam ser respeitadas por todos. “Tomei as duas doses da vacina e sei que esta doença acomete mais aqueles que ainda não conseguiram tomar as doses. Por isso, é importante que todos usem máscaras”, afirmou.

Foto: Itawi Albuquerque/Secom Maceió

Atendente de uma barraca na orla, Bianca Freitas, disse que ações desta natureza são fundamentais para que todos compreendam a importância das medidas para combater a pandemia.

“O que mais vemos aqui na orla são pessoas que passeiam e conversam sem usar máscara. E isto não pode acontecer porque a doença não foi embora. Se todos respeitarem as medidas sanitárias, tudo vai melhorar”, avalia Bianca.

Fechar