“A enfermagem tem superado limites na luta contra o vírus”, diz profissional na linha de frente da covid-19

12 de maio é dedicado ao Dia Internacional da Enfermagem, profissão indispensável no combate ao coronavírus

Com a pandemia da covid-19, o mundo passou a olhar para os profissionais de saúde de uma forma diferente. Entre as diversas especialidades que têm atuado na linha de frente de combate ao vírus, estão os enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, que comemoram seu dia neste 12 de maio.

Essa categoria profissional está presente nas mais diversas instituições como hospitais, Unidades de Terapia Intensiva (UTI), clínicas, laboratórios, postos de vacinação entre outros.

Profissionais da linha de frente atuam na vacinação da população contra o coronavírus. Foto: Polyanna Monteiro – Ascom/SMS

“Para mim, ser enfermeira é uma honra. A enfermagem tem superado seus limites nessa luta constante contra o vírus. Tempos atrás, não podíamos pensar que isso ia acontecer, mas estamos aqui, todos os dias, bravamente lutando para vencer essa fase tão difícil, sendo um pouco irmãos, amigos, pais, mães, cuidadores e conselheiros uns dos outros”, afirmou a enfermeira Elizabeth Lima, uma das muitas profissionais na linha de frente do combate à covid-19 em Maceió.

Ednalva Araújo, enfermeira do Município e coordenadora de Atenção Primária da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), destaca a importância da profissão para a saúde pública.

“Graças à intervenção da enfermagem, foram erradicadas e controladas muitas doenças no país como tuberculose e hanseníase. E são esses mesmos profissionais que agora estão na linha de frente de combate à covid-19, seja vacinando a população ou atuando no cuidado dos pacientes em hospitais”, enfatizou.

Ednalva Araújo, enfermeira e coordenadora da Atenção Primária da SMS. Foto: Ascom/SMS

Para a profissional, a enfermagem vem ao longo do tempo enfrentando muitos desafios, principalmente em busca de visibilidade e reconhecimento. “A enfermagem é muito representativa para os sistemas de saúde, principalmente no que diz respeito ao cuidado com o outro. Infelizmente, muitos profissionais de saúde foram perdidos durante a batalha da pandemia, mas sabemos que eles cumpriram sua missão, de cuidar das pessoas, de fazer renúncias para enfrentar esse desafio”, ressalta Ednalva.

Dia da Enfermagem

A data foi escolhida em homenagem à Florence Nightingale, nascida em 12 de maio de 1820 e considerada a “mãe” da enfermagem moderna. No Brasil, a data também lembra Ana Néri, primeira enfermeira brasileira a se alistar voluntariamente em combates militares.

Ana Cecília da Silva – Ascom/SMS

Fechar