Verão do projeto Nossa Praia começa no próximo fim de semana em Maceió

Nos próximos sábado e domingo (30 e 1º), acontece a abertura do projeto Nossa Praia, edição verão 2019/2020. Nas três edições anteriores, a iniciativa do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA/AL) conseguiu chegar a mais de 300 mil pessoas, direta e indiretamente. A programação prevê atividades para crianças, jovens e adultos, desde aula sobre animais marinhos à distribuição de materiais.

O período que o projeto acontece é determinado pelo aumento da quantidade de usuários nas praias, por causa dos dias mais quentes e da proximidade com o período de férias para uma parte da população que visita Alagoas.

 A iniciativa, que teve início em 2015, tem como objetivo estimular boas práticas que colaborem com a redução do lixo nas praias. E como se mostrou uma importante ferramenta de educação ambiental, se manteve como atividade regular do IMA. Tem ênfase no período do verão, mas com ações pontuais o ano inteiro nos municípios costeiros.

Para o verão 2019/2020, a previsão é alcançar cerca de 60 mil pessoas, de modo direto e indireto, tanto durante as ações como após com os materiais que são distribuídos. Entre as principais atividades estão: mutirões de limpeza nas praias, distribuição de sacolas biodegradáveis, exposições e muita conversa para sensibilização dos usuários.

O Nossa Praia também é bastante conhecido pelos 92 displays distribuídos ao longo da costa alagoana. Nele, a pessoa pode pegar um saquinho, colocar o lixo que produziu e depositar na lixeira que está logo ao lado. Desde o verão 2017/2018, há também os displays de saquinhos para colocar fezes de animais domésticos. E na edição deste ano, também passou a ter as placas para os fumantes depositarem as bitucas de cigarro.

Abertura/programação

A programação de abertura começa no sábado (30), com um passeio a bordo de um trimarã na enseada da Pajuçara. Previsto para começar às 10h20, o embarque será feito em frente ao bar Lopana. Os participantes que estiverem embarcados terão ainda uma aula especial, dada por um biólogo, sobre os animais marinhos. A participação é limitada por causa da capacidade da embarcação.

No dia seguinte, domingo (1º), a programação é aberta ao público e começa a partir das 9h. A concentração, em frente ao antigo Alagoinhas, servirá como ponto de encontro para um mutirão de limpeza da praia. Na volta, o grupo vai participar de um lanche coletivo.

Enquanto isso, na rua fechada da Pajuçara, haverá tendas montadas e palcos para diversas atrações: exposição e distribuição de materiais educativos; jogos e brincadeiras sobre o ambiente marinho; pintura de mão e de rosto nas crianças; a presença dos mascotes Doroty e Astro, uma tartaruga e um peixe-boi, respectivamente, entre outras.

Haverá também a participação de grupos que atuam na mesma temática. A empresa Qualitec fará o recolhimento de lâmpadas fluorescentes; a Biodigital vai recolher pilhas, baterias e equipamentos eletrônicos; o grupo Enactus/Ufal vai apresentar projetos sustentáveis; o Batalhão de Polícia Ambiental fará a exposição de animais taxidermizados; o Coletivo Praia Limpa vai apresentar um pouco de suas ações; e o grupo Protetores dos Oceanos vai fazer uma oficina de placas.

Além disso tudo, haverá também a animação musical de um DJ e uma aula de Zumba, aberta para todos os que quiserem participar. A ideia é aproveitar as atividades divertidas para chamar a atenção para um problema constante: a questão do lixo nas praias, tanto na areia como no mar.

Ascom – 27/11/2019

Fechar