TRANSPORTE – Moradores de Riacho Doce ficam sem ônibus após alteração da SMTT

As mudanças de itinerário do transporte coletivo, além do fato de que os ônibus não podem mais transportar passageiros em pé como prevenção ao Covid-19, estão causando grandes dificuldades à população maceioense. Um dos bairros afetados é o Riacho Doce, famoso pelo mirante e pela praia da Sereia.

Agora, quem “pega ônibus” no Riacho Doce precisa esperar o transporte chegar do terminal do Sauaçuí, em Ipioca. Com a alteração da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), moradores aguardam mais tempo para conseguir entrar no transporte fazendo com que muitos cheguem atrasados ao trabalho.

“Ninguém foi avisado”, disse o líder comunitário André Gomes ao A Notícia. A alteração começou na segunda-feira, 11, e seria provisória por causa da pandemia do novo Coronavírus. “Quando o ônibus passa por Riacho Doce, no Mirante da Sereia, já está com lotação máxima e passa direto deixando o pessoal esperando no ponto”, denunciou.

Reclamou ainda que a SMTT não atendeu um acordo com o Ministério Público do Estado (MPE) de fazer uma reunião com moradores da região antes de qualquer modificação. “Hoje, irei me reunir com a população para coletar assinaturas e levar ao Ministério Público registrar as reclamações”.

Fechar