Mangabeiras: operação retira toneladas de resíduos de canal

O descarte irregular de resíduos é uma situação crônica que traz danos à cidade, sobretudo no período chuvoso. Neste sentido, um dos problemas da capital está nos canais de água pluvial, onde a população descarta recicláveis e volumosos. Para normalizar o fluxo dos canais e evitar o transbordamento em dias de chuva, a Prefeitura, por meio da Superintendência Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Sudes), mantém ações diárias de limpeza nestes locais. Nesta semana, conforme o planejamento do ano, a equipe responsável pelo trabalho está com serviços na Avenida Dona Constança de Góes Monteiro, no bairro Mangabeiras.

Quem passou pelo canteiro da via nesta manhã, após o início do trabalho dos garis, se deparou com um amontoado de resíduos, sendo a maior parte de móveis inservíveis. Titular da Sudes, Gustavo Torres acompanhou o serviço e falou sobre os danos do descarte irregular. “Seja em um canal ou até mesmo na rua, o lixo que é jogado de maneira inadequada prejudica a cidade, não somente em relação à poluição visual. Este resíduo, consequentemente, para em um córrego ou canal, causando obstrução, e também pode escoar para o mar, como é possível constatar nos dias de chuva. A Sudes mantém a limpeza dos canais, mas é preciso consciência do cidadão para evitar situações como esta vista hoje em Mangabeiras”, disse o gestor.

Torres lembrou que, para o descarte de volumosos, a Prefeitura disponibiliza serviços gratuitos aos cidadãos. Móveis inservíveis e eletrodomésticos, por exemplo, podem ser deixados no Ecoponto Pajuçara (Rua Campos Teixeira, próximo ao ginásio do Colégio Santa Rosa), no Ecoponto Dique Estrada (Av. Governador Teobaldo Barbosa, ao lado da Guarda Municipal), no Ecoponto Tabuleiro (Rua Botafogo, por trás do posto de saúde Ib Gatto) ou no Ecoponto Santa Lúcia (Av. Osvaldo Ramos). Além dos volumosos, o cidadão pode utilizar os equipamentos para o descarte gratuito de restos de poda de árvore e até um metro cúbico de resíduos da construção civil. Os ecopontos funcionam de segunda a sexta-feira, das 08h às 17h.

Outra forma prática para o descarte adequado de volumosos é o serviço de coleta que pode ser solicitado pela Central de Monitoramento da Sudes. “Basta o cidadão ligar para o número 0800 082 2600 ou enviar mensagem pelo WhatsApp 98802-4834 e solicitar o recolhimento do seu móvel, eletrodoméstico ou qualquer tipo de utensílio volumoso sem utilidade. A partir da solicitação, a coleta é feita na porta do cidadão em até cinco dias úteis, podendo acontecer antes deste período, sem qualquer custo”, explicou o superintendente.

08/01/2020

Fechar