Jogo do Inter no Chile tem fogo e briga com torcida

O empate entre Universidad de Chile e Internacional por 0 a 0, nesta terça-feira, pela fase preliminar da Copa Libertadores, ficou marcado por cenas de violência fora do gramado no Estádio Nacional em Santiago.

Na reta final da partida, torcedores do time chileno colocaram fogo em objetos em uma parte das arquibancadas. Alguns deles também invadiram a pista de atletismo e arremessaram cadeiras e latas de lixo contra policiais.

A arbitragem chegou a paralisar a partida em seus minutos finais, mas apenas por poucos segundos. Para o técnico colorado, Eduardo Coudet, o confronto incomodou quem estava em campo. Ele, porém, se esquivou de possíveis críticas à organização por seguir com o jogo.

“Sim, é claro que gera uma distração. Mas é muito difícil opinar”, apontou. “Não éramos nós que tínhamos que tomar uma decisão no momento em que aconteceram os incidentes. Tanto a arbitragem quanto o pessoal da Conmebol que estava em campo decidiu que o melhor era seguir o jogo. Então, nós não podemos interferir nisso.”

Com o empate desta terça, o Inter precisa de uma vitória simples sobre a Universidad de Chile terça que vem, no Beira-Rio, para avançar à próxima fase preliminar da Libertadores.

05/02/2020

Fechar