Educação

Governo vai criar comissão para pente-fino ideológico de questões do Enem

O governo Jair Bolsonaro (PSL) vai criar uma comissão especial para analisar ideologicamente o banco de questões do Enem. Os principais alvos serão as questões que abordam uma suposta “ideologia de gênero”.

Uma portaria do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), responsável pelo exame, será publicada nos próximos dias dando aval para a criação da comissão. Servidores do Inep temem que a abordagem inviabilize outras questões, como visões críticas da ditadura militar. Marcus Vinicius Rodrigues, presidente do instituto, afirma que a comissão vai buscar neutralidade nas questões, atesta o MSN.

Após assumir o cargo, o presidente Bolsonaro já afirmou que deseja ver a prova antes. A ideia da comissão, porém, é de fazer um pente-fino ideológico no banco de itens do exame. Bolsonaro é, há anos, crítico das questões do Enem. Ele reclamou de um texto da filósofa Simone de Beauvoir, em 2015, dizendo que se tratava de doutrinação. Em 2018, uma questão envolvendo dialeto usado por gays também incomodou o presidente.

22/02/2019

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar