Emprego com carteira assinada volta a crescer entre os mais jovens

Levantamento mostra que a retomada do emprego formal, ainda que lenta, tem sido puxada por jovens de até 24 anos. Entre outubro de 2018 e setembro deste ano, cerca de 1,1 milhão de jovens foram contratados com carteira assinada em todo o país, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

O governo divulga nesta terça-feira pacote de medidas para estimular o emprego entre jovens de 18 a 29 anos. Entre elas, a desobrigatoriedade de as empresas que os contratarem recolherem INSS e FGTS.

O saldo de novos empregos formais nos 12 meses encerrados em setembro de 2019 só é positivo justamente entre os trabalhadores até 29 anos, segundo o levantamento do GLOBO. Acima dos 30 anos, a perda de vagas continua, ainda que em menor intensidade que nos anos anteriores.

04/11/2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar