Braskem e CPRM irão confrontar em Brasília, laudos sobre rachaduras nos bairros em Maceió

O presidente da Braskem, Fernando Musa, e o diretor-presidente do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), foram convidados pela Comissão Externa reponsável por acompanhar os danos provocados pelo afundamento do solo em bairros da capital alagoana, para uma audiência pública que será realizada na Câmara dos Deputados, na próxima quinta-feira (07), às 10h.

Partindo da iniciativa de deputados federais eleitos por Alagoas, a comissão foi formada há pouco menos de um mês, e um quarto bairro de Maceió, o Bom Parto, foi incluído para que sejam realizados os devidos acompanhamentos de danos.

A área afetada por esses eventos geológicos levaram, inicialmente, ao aparecimento de rachaduras em casas e prédios, além de vias restritas aos bairros do Bebedouro, Mutange e Pinheiro.

A CPRM atribuiu, por meio da confeccção de um relatório, os danos à extração de sal-gema da Braskem. Foram contratados, porém, por meio da petroquímica, especialistas independentes que estão conduzindo estudos com sonares para a realização de um novo levantamento para obter mais informações sobre os eventos, além de poder apurar suas causas e, por meio desses dados, promover soluções.

06/11/2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar